tumblr_m8bxm1sRNy1qjnc56o5_500

 

 

Vou aqui ser pega pela estranha energia de que por causa de uma passagem de uma certa noite para um certo dia as coisas todas possam ser renovadas. E desejar, sim, que a minha, a sua, a nossa, esperança não acabe. Apenas se fortaleça. E não me sentirei boba por isso, e nem iludida.  Apenas eu, gente que ama, que sente, que deseja, e que acha que essa energia estranha de só porque uma certa noite virou um certo dia me dê o poder de achar, sim, que tudo possa ser renovado.

Feliz 2013!  :)

 

… de olhos fechados.

 

 

 

Audrey Tatou, como sempre linda, em La délicatesse (2011).

 

 

Já que nunca é demais ouvir aquela mesma música. E sentir aquelas mesmas (mesmas?) sensações. E enfrentar aqueles velhos (e novos) fantasmas.

 

Faz bem. Faz mal. Mas, pelo menos, faz alguma coisa.

 

And I’m damned if I do
And I’m damned if I don’t
So here’s to drinks in the dark
At the end of my rope
And I’m ready to suffer
And I’m ready to hope
It’s a shot in the dark aimed right at my throat
‘Cause looking for heaven, found the devil in me
Looking for heaven, found the devil in me
But what the hell
I’m gonna let it happen to me

 

Fala aí pra gente, Florence.

 

Amo essa música. A letra, a melodia, o pianinho tocando, a voz do Cat Stevens.

Tem esse vídeo no youtube e eu não sabia que essa música fazia parte da trilha de um filme.

Harold and Maude. Filme de 1971. Ensina-me a viver, no português. Que à propósito é uma peça aqui no Brésil, com Glória Menezes e Arlindo Lopes nos papéis principais.

Que coisa.

Fiquei com vontade de ver. Filme e peça.

E ouvir (de novo e de novo) a música.

 

“You know love is better than a song

love is where all of us belong”  ;)

 

“A cada dia que vivo,

mais me convenço de que o

desperdício da vida

está no amor que não damos,

nas forças que não usamos,

na prudência egoísta que nada arrisca,

e que, esquivando-se do sofrimento,

perdemos também a felicidade.

 

A dor é inevitável.

 

O sofrimento é opcional.”

 

Carlos Drummond de Andrade

“The more you know who you are, and what you want, the less you let… things upset you.”

Lost in Translation (2003)

 

Image

Queria dançar essa música…

Follow

Get every new post delivered to your Inbox.